Últimos assuntos
» FICHA
12/11/2017, 19:17 por Líder

» [SISTEMA] MAGIA
1/11/2017, 14:47 por Líder

» [TUTORIAL] CONDIÇÕES DE COMBATE
30/10/2017, 18:07 por Líder

» [SISTEMA] PODERES
30/10/2017, 15:43 por Líder

» [LISTA] Vantagens
26/10/2017, 00:12 por Líder

» [LISTA] Perícias
23/10/2017, 13:49 por Líder

» [LISTA] Desvantagens
17/9/2017, 02:07 por Líder

» [GUIA] Grupos
27/5/2017, 23:35 por Líder

» [GUIA] Raças
10/4/2017, 11:21 por Líder

» [SISTEMA] ROLEPLAY
7/4/2017, 12:34 por Líder

» [SISTEMA] COMBATE PVP
7/4/2017, 11:48 por Líder

» [SISTEMA] MORTE
25/3/2017, 10:12 por Líder

» [TUTORIAL] RECUPERAÇÃO
25/3/2017, 05:18 por Líder

» [SISTEMA] ATRIBUTOS
16/3/2017, 23:38 por Líder

» GLOSSÁRIO
27/2/2017, 20:21 por Líder

» [SISTEMA] AÇÕES E TESTES
27/2/2017, 01:12 por Líder

» [SISTEMA] COMBATE
11/2/2017, 20:58 por Líder

» [FICHA] Gabriel Gomes - HellBoy
8/9/2016, 01:04 por Convidado

» Pedido de Atualização
28/8/2016, 19:12 por Convidado

» [FICHA] Jason Stifler Grace - Blazer
28/8/2016, 17:48 por Convidado

Notificações

[FICHA] Levi dos Anjos - Cura

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FICHA] Levi dos Anjos - Cura

Mensagem por Convidado em 11/7/2016, 13:32

Olá, meu nome é
Levi dos Anjos

Idade:  Milhares de anos
Espécie: Anjo
Cidade: Santa Cecília
Grupo: Ordem Eterna
Mas sou conhecido como
Cura
Físico e Personalidade

Físico:
Levi é caucasiano, possui um metro e oitenta de altura e pesa aproximadamente setenta e cinco quilos. Tem olhos azuis como o céu e que parecem cintilar à luz do sol, cabelos castanho-claros não muito longos e bonitos, uma barba que está sempre por fazer e uma pequena cicatriz em seu rosto. Adora usar jalecos de médico, são sua marca registrada.

Personalidade:
Levi antes de vir para a terra era um dos anjos mais honrados no céu, não por suas habilidades de luta, mas sim por sua bondade e pela forma que ajudava as almas angustiadas e espíritos malignos a se redimirem e encontrar seus lugares no céu. Sua bondade e amor pelos humanos são suas maiores virtudes, de forma que ele se recusa a causar ferimentos graves em seres humanos. Gosta de cultivar amizades e mantê-las para sempre, e é por causa disso que ganhou o título de Amigo dos Homens.


História


Hospital Geral do Estado - AL

O médico Levi dos Anjos trabalhava incansavelmente naquela tarde em especial. Não sabia por que, mas já tinha registrado todo tipo de enfermidade em seus pacientes do dia: desde gripe e dor de cabeça, até uma senhora que alegava estar ouvindo vozes em sua cabeça toda vez que ela colocava muito açúcar no café (esta em especial ele indicou um bom amigo psiquiatra para tentar ajuda-la).
Era muito perceptível a felicidade com que aquele médico prestava seus serviços à comunidade carente e sem acesso a um plano de saúde ou médicos particulares. Levi era o tipo de médico que amava sua profissão porque amava ajudar as pessoas, parecia que havia sido criado para isso.
-Doutor Levi – uma das enfermeiras abre a porta e o fala – Seu próximo paciente está vindo.
-Obrigado, Teresa! – respondeu o doutor de forma simpática.
A mulher sorriu sinceramente, fechou a porta e saiu.
Não demorou muito até que o paciente chegasse. Era um homem forte, negro e careca, vestindo uma camisa um pouco apertada, que revelava um corpo muito bem definido pela musculação, calças jeans e um tênis da nike.
-Em que posso ajudá-lo, meu amigo...- Levi em seu computador puxou a ficha do homem que acabara de entrar e viu seu nome. – Uriel? Engraçado, tenho um amigo de infância com esse nom...
O rapaz sorrira.
Ao olhar bem para as feições do homem, Levi reconhece um rosto amigo e não faz cerimônias: se levanta de sua cadeira e abraça Uriel, mais que um amigo de infância, seu irmão.
-Irmão!! Como tens passado? A que devo a felicidade dessa maravilhosa visita? – pergunta Levi, com um sorriso na face.
-É bom te rever, Levi. Não mudaste nada desde que viesse para a terra. Fico feliz que esteja bem. Tem um tempo para conversar? – perguntara Uriel.
-Pode esperar meu turno acabar? Uma ou duas horas no máximo. – Levi abre uma gaveta e entrega uma revista “Super Interessante” para seu irmão. – aqui, minha preferida. Você nem irá ver o tempo passar.
Uriel agradeceu sorrindo. Deu mais um abraço em seu camarada e saiu da sala de Levi.

Bar e Restaurante KANOA

Levi pedira dois refrigerantes e uma porção de batatas fritas no bar à beira do mar em que escolhera para ter a conversa com seu irmão Uriel. Enquanto o pedido não chegava, o rapaz começara a falar, não era algum caso extremo de vida ou morte, do contrário, teriam conversado no ônibus mesmo.
-E então, irmão, por que decidiu vir ao plano físico, e especificamente aqui no Brasil? - perguntou Uriel um pouco curioso.
-Bom, como você sabe eu não sou exatamente um guerreiro como você, minha missão com a criação é de a proteger e zelar por ela e até uns anos atrás eu a fazia somente do plano espiritual, guiando almas perdidas para a salvação, dando apoio espiritual para os aflitos e coisas do tipo. Mas eu percebi que conforme o tempo ia passando, os humanos se distanciavam mais e mais do plano espiritual e minha ajuda se tornava fraca em alguns casos. Pedi permissão para descer e comecei a atuar como médico no plano físico aqui no Brasil, que estava sofrendo muitas mudanças em sua estrutura política e social, e países assim precisam de cuidados em seu povo, que sempre sai prejudicado.
-Faz muito tempo, não é? Está até esquecendo de que não tem necessidades mortais, como comer ou dormir.
-Não preciso comer. Mas adoro sentir o gosto das coisas, esta batata está uma delícia. – Levi dá uma pausa pra saborear a comida depois volta a falar - Desde que eu desci aqui para o Brasil, venho levando essa vida de cuidas das pessoas, você deve imaginar. Desde 1822 eu venho trabalhando como médico aqui no Brasil. Os humanos conseguem me surpreender muito com a rapidez com que eles evoluem.
-Concordo plenamente, irmão.
-Quando eu cheguei aqui, eles eram apenas uma colônia de Portugal. Houveram golpes e golpes pelo poder, guerras, traições e mesmo assim, os humanos continuam me surpreendendo, e eu continuo firme em minha tarefa.
-Você disse guerras?
-Claro! Uma das mais cruéis batalhas da América do Sul foi a guerra do Paraguai, e eu tenho lembranças horríveis. Um dos piores momentos da minha vida, pois atuei como médico de combate. Não peguei em nenhuma arma, afinal não mato ninguém, mas a crueldade que apoiei me assombra até hoje. Fui fiel ao exército brasileiro quando ele começou perdendo feio para os paraguaios, tive muito trabalho, mas quando Duque de Caxias chegou e motivou o exército daqui com novas estratégias, conseguimos virar a guerra.
-Guerras são guerras, irmão. Sempre há mortes nos dois lados. – disse Uriel.
-Mas logo depois, o Duque largou o comando e o outro rapaz que entrou, Conde d’Eu, promoveu o maior massacre da história brasileira: mulheres, crianças, doentes e idosos mortos pela ganância e orgulho de Dom Pedro II. Depois desse dia, modifiquei meus documentos falsos, me dei por inválido fisicamente e nunca mais entrei em uma guerra.
-Nossa, Levi. Sinto muito, não deve ser fácil presenciar a barbárie promovida pelos humanos. Isso não te frustra?
Levi deu um longo gole em sua bebida e respondeu tranquilamente:
-Não foi fácil mesmo, mas isso não me tira o sono, as decisões humanas devem ser respeitadas por causa de seu livre arbítrio. E não fico frustrado, o Senhor tem um plano para tudo isso, só cumpro a tarefa que ele me deu: ajudar os homens em suas enfermidades sejam elas físicas ou não.
-Bom ver que você não mudou nada. Ainda merece o título de Amigo dos Homens. – ele pegou a última batata frita e continuou a falar – Você anda na linha, não se expõe, leva uma vida simples e focada em sua missão pessoal, mas eu queria perguntar se você não iria querer fazer parte de algo maior.
-Como assim, Uriel? Seja um pouco mais claro. – Levi parecia realmente confuso.
-Não é só você que tem histórias, amigo. Eu entrei para a Ordem eterna e hoje sou um dos Embaixadores. Recruto pessoas que eu acho capazes de servirem muito bem ao propósito da Ordem, e você foi um dos meus primeiros pensamentos, irmão.
-Por quê?
-Sua lealdade, senso de proteção à humanidade, sua bondade e obviamente suas habilidades de cura. Você seria uma peça muito fundamental na Ordem.
-Há uma guerra? – Levi indagou.
-Creio que não, irmão. Mas se houvesse você lutaria conosco?
-Para proteger a humanidade da própria destruição e para evitar que ela lide com coisas que não entendem – Levi para e corrige – ou melhor, não quer entender. Eu acho que lutaria.
Levi pede a conta e volta a conversar com seu irmão.
-Quando eu começo?
Uriel sorrira. Realmente Levi era um bom aliado: dava tudo de si, tinha entusiasmo, tinha vivência e conhecimentos vastos ligados à história humana e magia. O entusiasmo dele em começar uma nova missão importantes era engraçado e quase que forçado, esse era Levi.
-Vá para o Santuário de Porigarth, em Santa Cecília, te encontrarei lá, te apresentarei ao Conselho e eles decidirão se você entrará, mas tenho quase certeza que você entra.
Levi paga a conta.
-Uriel, uma última pergunta. Muito importante por sinal.
-Diga, amigo dos homens.
-Posso levar meu gato?

Equip., Desvantagens e Perícias
INFORMAÇÕES DE GASTOS
GASTOS  4PE da ficha  + 5PE de Desvantagens =  9PE em perícias. (Se o código de honra for leve, ficam 8 pontos no total, e só gastei 8 nas perícias e vantagens)

DESVANTAGENS
LEALDADE – 2PE – Você é leal a alguém (seja alguma ordem, alguma pessoa, entre outras coisas). Ser leal não é ruim, o problema é quando essa lealdade torna-se excessiva e vira uma obsessão. Se a pessoa cuja qual você é leal estiver em perigo ou ameaçada, você precisará garantir que ela está bem, assim como precisa seguir rigidamente tudo o que a ordem a qual é leal prega. Se não seguir alguma coisa dessas, receberá -2 em todos os seus movimentos até ter certeza de que está tudo bem. Levi é fiel aos seus amigos e não deixa ninguém para trás, se sacrificaria por seus amigos sem pestanejar.
HONESTIDADE – 1PE – Ser honesto não é um defeito. Muito pelo contrário, todos deveriam ser honestos. Porém, nesse caso, você é praticamente incapaz de mentir, mesmo quando necessário. Precisa fazer um teste de 1d10 e, caso tire um número igual ou menor a 7, irá dizer a verdade.
CÓDIGO DE HONRA – 2PE – Você segue um código de honra, uma linha que nunca pode cruzar, independente de sua posição ou situação, não se deve quebrar. Um código de honra possui muitas origens. Promessas feitas, tradições familiares, de seitas ou de clãs, de sua raça/espécie, regras de grupos, entre outros. Defeito relativamente comum entre os mocinhos, o que não anula a possibilidade de que outros personagens também a tenham. Um personagem que quebra um código fica abalado pelo resto da missão, recebendo -1 de redutor para cada vez que quebrar o código. Levi não pode matar nenhum ser vivo, nem mesmo para a própria defesa, só podendo ferir de forma não grave ou se defender contra ataques.

ATENÇÃO: Se o código for leve, valerá apenas 1 PE.
PERÍCIAS
Conhecimento Histórico - O personagem possui conhecimento sobre tudo relacionado à história (datas importantes, lendas populares, estrategias históricas, etc.). Custa 2 PE;
Medicina - O personagem possui conhecimento sobre tudo relacionado à medicina. Custa 2 PE;
Conhecimento Arcano - O personagem possui conhecimento sobre tudo relacionado ao sobrenatural (símbolos, tradições, lendas, etc.). Custa 2 PE;
Aparência Inofensiva - O personagem possui aparência inofensiva. Um personagem com aparência inofensiva não atrai as suspeitas para si, o que lhe dá bônus (valor do nível) em testes de sedução e também ajuda nos combates, por pegar o inimigo desprevenido, lhe permitindo ter uma ação extra no primeiro turno de combate. A ação extra só pode ser usada após o primeiro ataque, e não funciona duas vezes com a mesma pessoa ou com alguém que já tenha visto o personagem lutar. Custa 2 PE. Se não for pega no ato de criação da ficha, nunca mais poderá ser pega.

EQUIPAMENTOS

Primeiros-Socorros
600,00
• Utilitários
Kit de Primeiros-Socorros de fácil uso. Possui: curativos, tesoura sem ponta, esparadrapo, band-aid, compressas, algodão, fita adesiva, ataduras, termômetro, pinça, soro fisiológico, luvas e medicamentos (exceto antibióticos). Recebe +2 de bônus nas ações com algum dos itens do kit.

Gato - Pavê
75,00
• Mascotes
HP: 6
Atributos: F-1, A-3, R-1
Dano: 1d4 (garras e mordidas)
Temperamento: Dócil
Se adestrado, seu dono/treinador pode fazê-lo invadir locais furtivamente, para espionagem.

Injeção de Cura I
250,00
• Poções & Medicamentos
Item consumível. Ao usar, o jogador recupera 5 pontos de HP. Válido apenas para missões ON. Não recupera ossos quebrados. Ao consumir o item, o personagem o perde automaticamente.

TOTAL:925,00

CF: 75 + 2 + 2 = 79
HP: 75

Poderes

PODERES

Nome do Poder: Raça - Anjo
Descrição: O poder dos anjos faz com que essa espécie possua resistência sobrenatural, força aprimorada, habilidade de voo através de seu par de asas brancas e tem a habilidade de projetar armas celestiais de luz (apenas armas brancas ou escudos e apenas uma opção por vez).
Condição: Só pode ser pego por anjos. Ocupa os três espaços de poderes
Gasto de CF:
• Passivo: Cura Própria (recupera 1 HP por turno), Fisiologia Etérea (recebe +1 em movimentos físicos), Voo (Agilidade x 20km/h)

• Muito Baixo: Voo (Agilidade x 30km/h. Dobra gastando ação), Fisiologia Etérea (recebe +1 em movimentos físicos), Espada de Luz (Gera uma arma de Dano 1d4, Teste +1, que dura 2 turnos), Escudo de Luz (Gera um escudo de Defesa 1d4, Teste +1, que dura 2 turnos), Ataque Voador (recebe +1 de bônus)

• Baixo: Voo (Agilidade x 40km/h. Dobra gastando ação), Fisiologia Etérea Aprimorada (recebe +2 em movimentos físicos), Espada de Luz (Gera uma arma de Dano 1d6, Teste +2, que dura 2 turnos), Escudo de Luz (Gera um escudo de Defesa 1d6, Teste +2, que dura 2 turnos), Cura Angelical (Cura 1d6+1 HP de outra pessoa)

• Médio: Voo (Agilidade x 50km/h. Dobra gastando ação), Corpo de Luz (Intangibilidade, dura 1 turno, pode superar dano de Concentração - 6, pode atravessar objetos de Concentração x 30kg), Asas Protetoras (Recebe +3 em movimentos defensivos), Espada de Luz (Gera uma arma de dano 1d8, Teste +3, que dura 2 turnos), Escudo de Luz (Gera um escudo de defesa 1d8, teste +3, que dura 2 turnos

• Alto: Voo (Agilidade x 100km/h. Dobra gastando ação) Espada de Luz (Gera uma arma de dano 1d10, Teste +4, que dura 2 turnos), Escudo de Luz (Gera um escudo de defesa 1d10, teste +4, que dura 2 turnos), Explosão Divina (Cria uma explosão de energia que atinge uma área de Força x 15m e causa dano de 1d10+4 em todos que atingir), Presença Angelical (Causa -3 nos oponentes, precisa alcançar Vontade)

• Muito Alto: Marca do Banimento (Gera dano contínuo de 1d8 HP por 1d10 turnos. Precisa alcançar Vontade do adversário)

ATRIBUTOS: distribua 20 pontos nos atributos abaixo, lembre-se de que nenhum atributo poderá ficar maior que o triplo do menor e nenhum atributo poderá ficar em 0. Apague essa anotação depois de fazer a distribuição
Atributos
FOR:2
RES:2
AGI:4
DES:2
CONC:3
RAC:2
PERC:2
VON:3

Template criado por Kalista

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FICHA] Levi dos Anjos - Cura

Mensagem por Líder em 13/7/2016, 13:37

FICHA APROVADA! Achei ela bem simples e tranquila, gostei.

Recebe 8 XP pela ficha
Líder
Mensagens : 577

H-File
Atributos:
AtributosValorXP Acumulado
Força100TUDO
Resistência100TUDO
Agilidade100TUDO
Destreza100TUDO
Concentração100TUDO
Raciocínio100TUDO
Percepção100TUDO
Vontade100TUDO

Poderes e Habilidades Especiais:
Desvantagens, Perícias e Equipamentos:
http://heroisbrasileiros.forumeiros.com

Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum