Últimos assuntos
» [PATRULHA] Deixe-me sair
Ontem à(s) 20:27 por André Costa

» [PATRULHA] Morro do Escorpião
Ontem à(s) 19:15 por Esmeralda Rocha

» [FICHA] Balryr
Ontem à(s) 02:36 por Balryr

» Personalização de Equipamentos
17/1/2018, 23:25 por Henok Kaleab

» Registro de Patrulhas
16/1/2018, 16:58 por André Costa

» Atualização 1 – Ajustando as Pontas...
16/1/2018, 16:49 por Líder

» [SISTEMA] DUNGEONS
13/1/2018, 22:57 por Líder

» Registro de Photoplayers (PPs)
12/1/2018, 18:07 por André Costa

» [SISTEMA] PATRULHA
11/1/2018, 17:41 por Líder

» [TUTORIAL] Criando amuletos
10/1/2018, 12:00 por Líder

» Vagas abertas para narradores e staff!
10/1/2018, 01:14 por Líder

» [DICAS] Como criar seu personagem
10/1/2018, 00:31 por Líder

» Movimentos que envolvem Transformações
9/1/2018, 01:18 por Líder

» Movimentos Físicos Aprimorados
9/1/2018, 01:08 por Líder

» Movimentos com Bônus de Atributo
9/1/2018, 01:01 por Líder

» Movimentos de Área
9/1/2018, 00:51 por Líder

» Movimentos com duas funções
8/1/2018, 23:02 por Líder

» Movimentos que envolvam Teletransporte
8/1/2018, 21:34 por Líder

» Movimentos que envolvem Cura
8/1/2018, 21:26 por Líder

» Movimentos Especiais de tipo Comum
8/1/2018, 21:20 por Líder

Notificações

[DICAS] Como ser aprovado mais facilmente

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[DICAS] Como ser aprovado mais facilmente

Mensagem por Líder em 7/1/2018, 21:45

A criação do personagem é algo que nos consome tempo, neurônios, tinta em papel ou bytes de memória com frequência. Entretanto, é horrível quando você, após horas e horas de trabalho, vê que tudo foi perdido por que o avaliador rejeitou sua ficha. Este tópico te dará dicas de como ser aprovado mais facilmente e poder adentrar o universo rpgístico!

– Entendendo a Avaliação


A avaliação em nosso fórum é composta por tópicos, que são avaliados com notas de 0 a 10. A aprovação depende de que em três critérios a nota fique acima de 6, e que a soma geral seja, pelo menos, 26. Os critérios são:

• Escrita: a escrita pode não parecer importante num RPG de Mesa (apesar de ser), mas sua importância num fórum é muito maior, pois é com ela que você se comunica com os demais. Portanto, o avaliador irá avaliar sua capacidade escrita. Claro, não precisa ser ao nível ENEM, mas também não pode ser algo desleixado.

• Conceito: o avaliador irá dar uma nota ao conceito do personagem. Isso quer dizer que personagens que não façam sentido serão reprovados neste quesito (faz sentido haver um pirata viajante no tempo que usa um arco que atira espadas?). O avaliador também avaliará se o conceito do personagem agrega algo ao RPG. Personagens que não agregam nada de novo tendem a ter notas menores.

• História/Respostas: dependendo da ficha que você fizer, irá escrever uma história ou responder perguntas. A coesão e a coerência da história serão avaliadas, bem como o encaixe dela no cenário. Não adianta a história ser boa e não se encaixar com o cenário proposto pelo fórum. Ela não será bem avaliada. Pense, você pode fazer uma baita história de um ninja que busca ser o novo hokage... mas estamos num cenário de supers com elementos sobrenaturais.

• Habilidades: as habilidades do personagem devem fazer sentido com o conceito e a história proposta. Faz sentido um personagem cego ter perícias de visão? Ou um arqueiro não ter uma perícia de arquearia? Então...

Se o personagem cumprir apenas uma das metas (3 critérios acima de 6 ou nota geral superior a 26), sua ficha estará parcialmente aprovada. Se não cumprir nenhuma das metas, sua ficha estará reprovada.

Agora que sabemos quais são os critérios utilizados, vamos a parte que interessa: as dicas!

– Dê material ao narrador. RPG não é meramente um jogo de guerra, então a interpretação e a construção da história pesam muito. E o que um avaliador gosta de ver é aquele personagem que cria novos ganchos de história, que geram boas histórias, e que sejam interpretáveis, além de poderem gerar material ao narrador.

Afinal, a construção da história deve ser conjunta, e ninguém aqui está jogando sozinho.

– Não faça algo absurdo. "Em tempos imemoriais, um grande guerreiro pirata, após vencer aliens na Antártida, acabou sofrendo um acidente que o deixou congelado por milhares de anos. Ele, então, é descongelado na Idade Média, luta contra Cruzados e é aprisionado num amuleto, sendo libertado novamente nos tempos atuais, pronto para salvar o mundo com sua espada luminosa".

Não, não faça isso. Sim, essa descrição é de um personagem que tentou jogar um jogo de supers. Não faça algo absurdo achando que o avaliador irá aceitar. Tente tornar sua história coesa, e não uma salada mista de conceitos totalmente opostos que não se encaixam de forma alguma.

– Não explique demais. Muitas vezes, a insegurança do jogador é tão grande que ele sente que precisa explicar tudo... e ele mesmo acaba se perdendo e entrando em contradição. Você não precisa escrever uma bíblia pra cada característica ínfima do seu personagem. Busque ser mais sucinto nas explicações. O avaliador agradece.

Ah, também não venha explicar todo o personagem em cinco linhas...

– Não tente inventar. As vezes, na ânsia de fazer algo novo, você decide que a melhor opção é inventar algo novo, ultra-inovador. Até que o avaliador te reprova. Por que isso acontece? Basicamente, quando você resolve inventar algo totalmente novo, você está colocando o avaliador num campo que ele mesmo não detém conhecimento. O avaliador não lê mentes, e isso força você a ter que escrever muitas e muitas coisas, e isso só vai gerar mais e mais dúvidas na cabeça do avaliador. E um personagem que provoca dúvidas não deixa o avaliador seguro para aprová-lo.

Na dúvida, não invente.

– Não deixe a história com um final. O início e até mesmo o meio da história são coisas importantes para o personagem. Mas, se ela tiver um fim, por que o avaliador deve aceitar o personagem? Se a história do personagem já possui um final, sem mais nada para ser resolvido, ele não irá acrescentar nada na trama. Logo, ele irá ser apenas uma bucha descartável.

– Não tente ser zoeiro. Pode parecer engraçado. Pode render boas risadas. Mas não vai render uma aprovação. O avaliador também verificará se você está efetivamente levando o fórum a sério. Um personagem feito com uma grande dose de zoeira não será aprovado, e pior: você ficará mal visto pelo avaliador. A zoeira deve ficar de fora da ficha.

– Busque preencher lacunas. Em vários RPGs, temos um certo padrão de conceitos de personagens. Portanto, busque preencher lacunas que comumente são ignoradas por outros. Por que não fazer uma personagem feminina, ou de uma etnia diferente? Uma ficha que preencha espaços será melhor recebida por um avaliador do que um personagem que é "mais do mesmo".

– Busque simplicidade. "O grande e valente guerreiro, com o sangue de um poderoso demônio correndo em suas veias, caminha pelo mundo com seus poderes de fogo demoníaco, fazendo aqueles que não andam na linha arderem nas chamas infernais". É um bom conceito, não é? Pois bem, imagine que muitos e muitos jogadores terão conceitos tão épicos quanto. Mas um RPG não é feito apenas de personagens que já começam épicos. Onde está o filho de um trabalhador que descobre ter poderes e que crê poder melhorar a vida das pessoas? Ou então a brava defensora das mulheres que, com seus poderes comuns de gelo, busca tornar o mundo algo melhor? O grande problema de muitos RPGs de temática supers é a ausência da simplicidade. E vocês não sabem como é bom ver um personagem que começa simples e se torna épico com o tempo. Tente ter um começo simples.

– Valorize o personagem, não seus atributos. O avaliador sabe identificar se seu personagem foi feito apenas pela build, ou ao redor da "melhor combinação de perícias e atributos". E personagens assim são barrados por que não possuem história. Portanto, preze mais pela capacidade interpretativa e narrativa do personagem do que sua build em si. Lembre-se: não estamos jogando um MMORPG de caçar e matar monstros.

– Não tente fazer o personagem perfeito. Não importa quantas vezes forem necessárias, sempre baterei nessa tecla: NÃO FAÇA UM PERSONAGEM PERFEITO. Você vai falhar. E, se conseguir, vai ser reprovado. O avaliador não quer um personagem perfeito, mas sim um imperfeito. Afinal, é nas imperfeições que os personagens e a história crescem.

– Não bata o pé para ser aprovado. Pode ser piada ter que falar isso, e eu bem que gostaria que fosse, mas não é. A pior coisa para um narrador não é ter que reprovar um personagem. É ver o jogador bater o pé, questionar a avaliação e falar "se não me aprovar, eu não jogo". Pensa assim? Ótimo, aproveite e clique em "Sair", feche a aba do fórum e nunca mais volte aqui. NUNCA. BATA. O PÉ. Se você foi reprovado, não é por que o avaliador está te perseguindo, ou por que ele não quer que você jogue. É por que seu personagem tem algum problema que o impede de ser aprovado. Em suma: se você foi reprovado, procure ver aonde você não foi bem e busque aprimorar essas partes.

– Peça dicas ao narrador, ao avaliador ou a outras pessoas. Muitas vezes, o que separa uma aprovação de uma reprovação são detalhes ínfimos que impedem o personagem de seguir para o jogo. Portanto, peça para alguém ler sua ficha, ou te dar dicas de como prosseguir. Os avaliadores não terão problemas em ajudá-lo antes de você enviar sua ficha.

– Leia muito. A leitura auxilia a cabeça a pensar. E também ajuda as ideias a se formarem. Logo, ler pode te ajudar, e muito, a ser aprovado facilmente.

– Respeite o cenário. O cenário deste RPG foi desenvolvido com muito penar, então o avaliador não irá tolerar personagens cuja trama sobreponha a do RPG, ou que claramente não foram feitos para o cenário do Heróis Brasileiros. Isso envolve, por exemplo, a grande maioria dos personagens estrangeiros. O RPG foi feito para ser jogado num cenário nacional, e não para termos um Brasil repleto de heróis estrangeiros. Pense nisso.


Com essas dicas, agora é só ter em mãos um word e um teclado e começar a escrever sua ficha!
Líder
Pontos de Experiência (XP) :
0 / 1000 / 100

Mensagens : 350

H-File
Atributos Principais:
Atributos PrincipaisClasse
Força100
Destreza100
Agilidade100
Saúde100
Constituição100
Percepção100
Inteligência100
Persuasão100
Concentração
Vontade
Carisma
Magia

Atributos Secundários:
Atributos SecundáriosValor
Pontos de Vida (PV)
Condição Física (CF)
Pontos de Magia (PM)
Ataque/Dano Físico
Ataque/Dano à Distância
Defesa
Esquiva
Iniciativa
Manipulação
Intuição
Resistência Física
Resistência Mental
Capacidade de Carga
Slots de Magia

Desvantagens, Perícias e Equipamentos:
http://heroisbrasileiros.forumeiros.com

Admin

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum